21 de mai de 2008

Festival de Cinema Brasileiro em Toronto abre inscrições

Festival de Cinema Brasileiro em Toronto abre inscrições
Cultura e Mercado - Da Redação

A 2º edição do Festival de Cinema Brasileiro em Toronto abriu inscrições para cineastas de todo o Brasil enviarem seus filmes, até dia 15 de agosto, para participar do processo de seleção da mostra, que acontece de 6 a 9 de novembro de 2008, no Canadá.

O Edital com todas as informações e a ficha de inscrição estão publicados no link http://www.brazilianfilmfestivalcanada.com/submissions.html.

Podem participar do festival filmes realizados no Brasil ou no exterior por brasileiros, ou que sejam co-produções brasileiras de todos os gêneros, em formato curta, média ou longa-metragem. Os filmes devem obrigatoriamente ter legendas em inglês, e, se forem de animação infantil, precisam ser dublados.

Os filmes concorrerão ao Troféu Golden Maple, desenvolvido pelo designer Nilson J. dos Santos, em cinco categorias: Melhor ator, Melhor Atriz, Melhor Diretor, Melhor Filme e o Melhor do Público.

O Festival, que possui registro junto à Lei Rouanet e está em fase de captação de patrocínio, teve, em sua primeira edição, 48% de expectadores canadenses e 35% de brasileiros.

http://www.culturaemercado.com.br/post/festival-de-cinema-brasileiro-em-toronto-abre-inscricoes/#more-4064

Um comentário:

Amaury Araújo dos Santos disse...

CINCO FILMES BRASILEIROS
SERÃO EXIBIDOS NO
MAIOR PÓLO CULTURAL DE TORONTO


Os dois filhos de Francisco (Breno Silveira), Vinícius (Miguel Faria Júnior), Doutores da Alegria (Mara Mourão), A pessoa é para o que nasce (Roberto Berliner) e À meia-noite levarei a sua alma (Mojica) serão exibidos de 11 a 13 de julho, no Harbourfront Centre, no festival de arte e cultura latino-americana, Ritmo y Color na cidade de Toronto, Canadá. A exibição é em parceria com o Brazilian Film Festival of Toronto (Festival de Cinema Brasileiro em Toronto), que co-apresenta os filmes. As sessões têm entrada gratuita e os filmes têm legendas em inglês.

“Este ano o tema do Ritmo y Color é `rompendo fronteiras`", explica Bárbara de la Fuente, curadora da Mostra, enfatizando que montou um programa que mostra a diversidade, riqueza e universalidade do cinema brasileiro, que vem quebrando constantemente todas as fronteiras. “Termos uma mostra dentro do Ritmo foi uma conquista e tanto”, diz Cecília Queiroz, da Puente, responsável pelo contato com os cineastas no Brasil.

Os filmes
Dois filhos de Francisco - 12/7, 13h00 - conta a trajetória dos cantores Zezé de Camargo e Luciano, antes da fama. O filme ganhou os prêmios de Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Trilha Sonora no Cinema Brazil Grand Prize 2007; o prêmio de Melhor Filme pelo Público no Havana Film Festival – 2006; Melhor Ator da Associação Paulista de Críticos de Arte – 2006. No elenco: Angelo Antônio e Dira Paes (http://www.conspira.com.br).

Vinícius - 13/7, 17h00 - é um documentário sobre a trajetória de um de nossos maiores e mais conhecidos compositores de Bossa Nova. Imagens de arquivo e entrevistas com membros de sua família, amigos, parceiros (Chico Buarque, Edu Lobo, Carlos Lyra) e também números musicais são apresentados nesse documentário. O filme ganhou o prêmio de Melhor Documentário e de Melhor Música no Cinema Brazil Grand Prize 2007. É uma homenagem que o Brazilian Film Festival of Toronto faz aos 50 anos de Bossa Nova (http://www.miguelfaria.com.br).

A pessoa é para o que nasce - 12/7, 16h00 - três irmãs cegas ligadas pela extraordinária mudança de destino, passam a vida cantando e tocando ganzá para ganhar dinheiro nas ruas. Este documentário mostra a rotina dessas mulheres e como elas sobrevivem, uma história complexa, com amor, morte, música e arte. O filme ganhou o prêmio de Melhor Filme no Cine Ceará - e foi indicado para o prêmio de Melhor Documentário no Cinema Brazil Grand Prize - 2007. O filme foi apresentado em vários festivais ao redor do mundo, inclusive o 36th Internacional India's Festival, o 2nd Jerusalem Int Film Festival, o 8th Cine Las Americas Film Festival, Mannheim-Heidelberg International Film Festival e o IDFA- International Documentary Film Festival Amsterdam. Participação especial: Gilberto Gil (http://www.apessoa.com.br)

Doutores da Alegria - 13/7, 14h00 - para diminuir o sofrimento de crianças internadas, palhaços visitam hospitais infantis para brincar e distraí-las. O resultado é surpreendente e o documentário mostra como esta atividade se transformou em uma Organização Não Governamental que atende a centenas de pacientes. O filme ganhou o prêmio de Melhor Documentário pelo Público no Festival de Gramado - 2005 (http://www.doutoresdaalegriaofilme.com.br).

À meia-noite levarei a sua alma - 12/7, 23h00 - O filme é a estréia de José Mojica Marins (Zé do Caixão), um ícone do cinema de terror no Brasil. O estilo de José Mojica Marins tem sido comparado ao de Mario Brava, Luis Bunuel e Russ Meyer. Nesse filme, Zé do Caixão aterroriza uma pequena comunidade religiosa ao procurar uma mulher para lhe dar um filho. Mais de 40 anos depois de sua estréia, À meia-noite levarei a sua alma se tornou um clássico do cinema de terror internacional.


Filme Data Horário Local
Dois filhos de Francisco 12/7 13h00 Harbourfront Centre
A pessoa é para o que nasce 12/7 16h00 Harbourfront Centre
À meia-noite levarei a sua alma 12/7 23h00 Harbourfront Centre
Doutores da Alegria 13/7 14h00 Harbourfront Centre
Vinícius 13/7 17h00 Harbourfront Centre


QUANDO: de 11 a 13 de julho de 2008

LOCAL: Harbourfront Centre - Studio Theatre
235 Queens Quay West
Toronto


INGRESSO: GRATUITO

Filmes com legendas em inglês


Sobre a Curadora:
Bárbara de la Fuente é brasileira, atriz e produtora cultural. Formada pela EAD - Escola de Arte Dramática da USP - Universidade de São Paulo, trabalhou em mais de 15 peças teatrais, comerciais de tevê, vídeos e curta-metragens. Recebeu o prêmio APCA, de atriz revelação em 1990 por sua atuação na peça A Farsa da Cabeça do Dragão, de Ramon del Valle Inclan, dirigida por Claudio Lucchesi e recebeu, no mesmo ano, indicação ao prêmio de melhor atriz coadjuvante pela mesma peça.

Como dramaturga escreveu as peças Breasts e Cut and Fried. Como produtora produziu a peça Breasts, apresentada em Toronto. Bábara pode ser vista nos filmes: Voices, Reality Check e Piggy in a Blanket, entre outros.

É vice-presidente do Grupo Brasil, entidade reconhecida pelo governo canadense como divulgadora da cultura brasileira no Canadá. Em 2007 foi convidada a fazer parte do Ritmo y Color Festival - evento que celebra a arte e a cultura latino-americana, apresentado no Harbourfront, o mais importante pólo cultural de Toronto, onde em torno de 3.5 milhões de pessoas passam lá por ano..

Focada na difusão da cultura brasileira no Canadá, Bárbara criou a Southern Mirrors (www.southernmirrors.com), empresa promotora e divulgadora de projetos que transcendem barreiras culturais. Sua empresa produziu o show Sounds of Ipanema - a Tribute to Tom Jobim em 2004, o Nelson Rodrigues Festival em 2007 e é responsável pela organização do Brazilian Film Festival of Toronto (Festival de Cinema Brasileiro em Toronto) - www.brazilianfilmfestivalcanada.com), primeiro festival exclusivamente brasileiro a ser realizado em solo canadense, e que exibiu 20 filmes premiados em 2007. Este ano, o Festival, que está com inscrições abertas no http://www.puente.com.br/DESCRITIVO.ASP?TOPICO=festivaledital, acontece no Bloor Cinema, de 6 a 9 de novembro e os cineastas receberão o Troféu Golden Maple para Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Diretor, Melhor Filme e um prêmio dado pela Quanta para os filmes eleitos por júri popular de R$ 4.000,00 em serviços para curta-metragem e R$ 6.000,00 em serviços para longa-metragem.


Caso precise de qualquer outra informação, fotos ou entrevistas estamos à disposição.

Jornalista Responsável: Amaury Araújo dos Santos (MTb 1442 SP)
tel: 11-3722-0840 / 8133-0010
puente@puente.com.br –
www.brazilianfilmfestivalcanada.com